October 10, 2008

Boas notícias

A agonia inicial agora vai dando lugar a um pouco de alívio e a muita alegria, já que a minha avó aprensenta melhoras substanciais a cada dia. Ela ainda está na UTI, ainda está traqueostomizada e por isto não pode falar, mas já articula as palavras, faz perguntas, pedidos e obviamente reclamações que a minha família tenta entender por leitura labial.

Pois as primeiras perguntas dela foram -- não sei a ordem:

"A Dani já foi?" -- Então disseram a ela que infelizmente eu não havia podido esperá-la sair do CTI, mas que estava sempre me comunicando com o resto da família. Ela entendeu.

"O Eurico Miranda morreu?" -- Dá para acreditar numa coisa destas?! Uma senhora octagenária sai do coma induzido após três semanas e faz uma pergunta louca dessas?! A resposta deveria ter sido "O Eurico Miranda está bem vivo... Já o Vasco..." Mas como o coração da minha avó já passou por muitas nas últimas semanas, resoveram dizer para ela que o Eurico estava vivo, e só. Afinal das contas, vaso ruim não quebra!

"Quero companhia. Quero gente o tempo todo. Ficar aqui é horrível!" -- I hear you, grandma, I hear you. Só quem já passou uma temporada no CTI sabe como é triste ficar naquele lugar, onde as horas não passam... O horário de visita é restrito e ficar lá entre outros moribundos é muito deprimente... Como fiquei lúcida a maior parte do tempo, ficava fazendo mil contas na minha cabeça. "Agora são sete horas, o pessoal já deve estar se aprontando pra sair de casa. À uma e meia, devem estar almoçando... Nossa já passa das cinco, a esta hora já devem estar saindo do trabalho... E eu aqui, sozinha deitada nesta cama sem me mover, um, dois, três, cinco dias..." A minha avó já está no CTI há mais de três semanas. Bem verdade que até o início desta semana, ela alternava momentos de lucidez e momentos de inconsciência por conta da forte sedação, mas agora ela já está completamente acordade e 100% consciente, então já vai ficando um pouco irritada, com toda razão.

Pena que não posso estar com a minha avozinha agora, mas ao menos as notícias são muito animadoras. A saúde e a personalidade dela aos poucos voltando e a gente já pode notar que a nossa avozinha está de volta. Ontem mesmo ela queria que a minha prima chamasse o Dr. Léo, que ela soube ser solteiro, para um café. Pois é, continua firme na missão de recrutar um médico para a nossa família.

Quando digo que a minha avó não existe...

3 comments:

Luciana Misura said...

Que otima noticia Dani! Sua vo tem mesmo uma personalidade forte :-) Torcendo pra que ja ja ela saia do CTI e possa ter a familia com ela o tempo todo. Beijos!

paulaalves00 said...

Gente, que legal que sua avózinha está melhorando!!!!! Oba!!!!! Aliás, eu já tinha simpatia por ela só de ouvir as histórias que vc conta, agora que sei que ela também quer que o Eurico Miranda morra, estou praticamente apaixonada por ela!!!!!!!!! rs...

Dani said...

Obrigada pelo carinho, meninas.
Se a minha avó quer que o Eurico morra, eu não sei, mas ela não pode nem sonhar que o Vasco dela está quase na segundona. Haja coração!