January 21, 2009

Michelle Obama


Para terminar o assunto da posse não poderia deixar de falar da nova primeira-dama americana, Michella Obama.

Muito se fala em Barack e na sua oratória, mas eu adoro os discursos da Michelle. Acho que além de articulada, ela fala no nível do povão mesmo e fala bem. Se o Obama às vezes é chamado de prolixo e pomposo, os dicursos da Michelle são sempre muito reais. Se no início muitos achavam que o atual presidente não era negro o bastante, o pedigrée de South Side of Chicago de sua esposa não deixa dúvidas. Michelle, advogada também formada em Harvard, cresceu num apartamento pequeno no sul da cidade de Chicago, numa área nada nobre, ao lado de seu irmão, de sua mãe dona-de-casa e de seu pai funcionário de uma empresa de luz ou gás. Experiência de vida e histórias de lutas tipicamente proletárias não lhe faltam.

E isto é o que eu mais admiro nela: ela é de verdade. Não sou como a maioria da mídia americana que coloca o casal num pedestal, acho os dois muito bacanas, mas às vezes vejo coisas que não gosto, como o vestido amarelo (ou verde-aipo, segundo as minhas amigas aqui) da posse. Também detestei aquele Narciso Rodriguez que ela usou na noite da vitória (me lembrou uma hemorragia, parecia que alguém tinha esfaqueado a primeira-dama). Mas o vestido que ela usou ontem nos bailes arrasou. Nota mil para ela!

Sempre falei que se eu fosse uma celebridade não ia ficar usando estas etiquetas famosas que todo mundo usa, estes estilistas já estabelecidos. A coisa assim fica fácil demais, fica sem graça. Eu iria procurar gente nova, que faz coisa diferente, que tem idéias belíssimas e pouco nome no mercado. E foi exatamente isto que Michelle fez: ousou ao escolher Jason Wu, um designer de 26 anos nascido em Taiwan que se formou há poucos anos na Parsons. Arrasou. Adorei o vestido, a cor e o jeito que ficou no corpo dela... Tudo bem que quando a modelo tem mais de 1,80m (quase) qualquer coisa cai bem, mas mesmo assim, ponto para ela.

3 comments:

Dani said...

Dani

Nunca escutei nenhum discurso dela, mas só de olhar ela transmite uma força e tem um carisma incrível. É o que acho.
Abs
Dani

Silvia said...

A Michelle é chique mesmo. Tudo bem que as vezes o personal dela faz umas escolhas ruins, mas mesmo assim é complicado estragar o porte dessa mulher.
Se Obama será um bom presidente só o tempo dirá, mas que Michelle já chegou arrasando como Primeira-Dama, isso ninguém duvida!
Beijocas!

Roy Frenkiel said...

Viva o novo rei, e a nova rainha :-)
Já começaram bem, viu?

Beijão,

Roy