May 27, 2008

Os avanços da ciência

Uma das maiores vantagens de ser jornalista é que a gente fica sabendo muita coisa em primeiríssima mão. Às vezes as notícias são desagradáveis, mas vez ou outra, a gente fica sabendo de cada coisa que de tão bacana chega a ser inacreditável.

Uma das reportagens que fiz nos últimos dias me encheu de esperança e me comoveu muito, pois vi que o compromisso em encontrar uma cura para o câncer é real para muitas pessoas e que a ciência caminha passos largos nesta direção. Espero ver muita coisa ainda enquanto viver.

Há algumas semanas revirando a internet em busca de empresas de biotecnologia que estejam em vistas de abrir o capital, conheci a Stemline Therapeutics, uma empresa supernova que trabalha com um mecanismo que ataca as células-tronco cancerígenas. Admito que sequer sabia que tais células existem, mas graças a Deus têm gente muito esperta tentando tudo para acabar com elas.

O Dr. Ivan Bergstein é uma destas pessoas geniais que estão determinadas a encontrar um modo de melhorar o prognóstico de milhares de pacientes. Ele não se conforma em perder a guerra contra esta doença maldita e o logo da sua empresa já diz tudo: Targeting cancer at its root, que quer dizer atacando o câncer pela raiz.

Conversando com ele, que é oncologista e hematologista, descobri que estas células-tronco cancerígenas são um a cinco por cento de todos os tumores e que ao contrário das outras células, estas não reagem a nenhuma forma de tratamento condicional, como químio ou rádio.

Com esta tecnologia, as novas drogas passarão a atacar diretamente as células-tronco cancerígenas, sendo assim a probabilidade de reincidência da doença cai drasticamente. Esta notícia não é ótima?!

A Stemline já está trabalhando nos testes clínicos para leucemia e outros tipos de câncer do sangue. Há também alguns testes para câncer de cérebro e bexiga, ainda em fase inicial. Nada ainda para fígado, o Dr. Bergstein me disse, mas devido a grande demanda, a empresa deve começar a estudar a hipótese. Como se sabe, o fígado é um órgão muito complexo, por isto a necessidade de muitos estudos e testes. Mas tenho fé na ciência. Tenho fé no Dr. Bergstein e em muitos outros cientistas dispostos a erradicar esta doença o mais rápido possivel.

Saí do que seria uma simples entrevista sobre os dados financeiros de uma empresa revigorada. Saí inspirada e feliz de saber que se o câncer nunca dorme, a ciência também não fica atrás. Às vezes é muito bom estar nos EUA só para ver este tipo de coisa acontencendo e conversar com que está por trás de um avanço destes. São dias como este que me deixam extremamente feliz e otimista. Sorrio só de pensar que meus filhos podem viver num mundo sem câncer.

2 comments:

ipmello said...

Dani,
Repassei teu post para meu cunhado. A seguir o reply dele:
"Isabel, obrigado pelo e-mail sobre a Stemline. Eu nao conhecia a empresa. E um conceito muito novo ainda nao necessariamente provado. Pode ser muito promissor. Pena que a empresa esteja ainda em fase muito embrionaria. Vamos fazer follow-up ao longo do tempo. Um beijo e obrigado, Marcio"

Cada dia fico mais entusiasmada com a web . Com o poder que tem de transmitir e divulgar as noticias,.....é uma pena que pessoas usem para o mal!!!! Mas o saldo é mais do que positivo.
Bjs.
Isabel

Dani said...

Isabel,
O conceito é muito novo sim, mas é promissor. Fico aqui rezando para a ciência andar ainda mais rápido para que possamos nos beneficiar d
Continuamos na torcida pelo Ricardo.
Beijos
Dani