January 23, 2008

Visita de Amigas

Hoje tive duas visitas especiais; duas amigas das quais já falei aqui no blog. O mais engraçado é que nos unimos por um motivo muito SuiGeneris: nós todas já tivemos câncer e mais ou menos na mesma época.

Em 2002 eu trabalhava num escritório de propriedade intelectual onde a incidência de câncer por algum estranho motivo era muito alta. E por incrível que possa parecer, praticamente todos ali tinham histórias de vitória.

Entre uma visita e outra à gerente de Recursos Humanos, fiquei sabendo que eu não era a única com aquele problema. A própria gerente, D. Marli, tinha vencido um câncer de mama havia alguns anos e de lá para cá tinha visto tantos outros casos. Ela me falou da Lucianne, que tinha vencido um linfoma uns anos antes, e da Carla, que tinha descoberto um nódulo na mama mais ou menos na mesma época que eu lutava contra o meu câncer no fígado.

Conhecia as duas de vista, pois a empresa era grande e nós trabalhávamos em departamentos diferentes, mas depois de saber da história delas era como se já as conhecesse há séculos, afinal tínhamos muito em comum. Elas e eu tínhamos o que todo o sobrevivente de câncer tem: uma vontade imensa de viver e a certeza de que tudo é incerto. E uma experiência destas aproxima muito as pessoas que já passaram por ela. Elas também tinham ficado com o papel principal na tragédia grega.

Mas é justo nesta hora que entra o talento para transformar a tragédia em epopéia ou às vezes até em comédia. E isso elas têm de sobra.

A visita de hoje foi ótima. Falamos de amenidades, mas também conversamos sobre os períodos difíceis que atravessamos. Falamos de coragem, mas também falamos de medo. De força e de fragilidade, mas acima de tudo falamos sobre o laço que nos une. Quem diria que de uma doença tão horrível pudesse surgir algo tão forte e duradouro? Bem que dizem que na vida tudo tem seu lado positivo... Esta amizade sincera e enriquecedora foi uma das heranças que a doença me deixou. Quer maior prova do que isso?

3 comments:

Claudia said...

Dani, ando lendo o blog pelo google reader, mas sem tempo de comentar... mas estou aqui, na torcida, quietinha, por vc! Sempre! Um beijo!

Malu said...

Que legal Lu ! Nada como a visita de amigas queridas e vencedoras pra nos fortalecer.
me diz uma coisa... seu marido está aqui no brasil com vc ?
beijinhosss e não deixa de me escrever pra gente marcar de ir na igreja que te falei uns posts atrás....

Andréa N. said...

Dani- vc ja pensou na possibilidade dessas pessoas terem contraido cancer por causa de algo dentro dessa empresa? Se varias pessoas ali tiveram cancer e mais ou menos na mesma epoca, isso pode ter sido resultado de alguma contaminacao coletiva. Sei la. Li teu post e me veio isso na cabeca. Pode ser soh viagem minha, mas voce chegou a cogitar essa possibilidade?