February 18, 2008

Perguntas

Estou aos poucos alinhavando meu projeto. Outro dia achei um livro muito parecido com o que eu quero fazer, com passagens interessantes e depoimentos sinceros de quem passou por esta experiência transformadora.

Postei lá no Orkut, na comunidade de Quem Já Fez/Faz Quimioterapia e por enquanto tive pouquíssimas respostas. Por que será? Será que, como dizem os gringos, a minha cabeça é mais americana que brasileira? Custo a acreditar nisso... Mas se tem uma coisa que admiro neste povo yankee é a disposição para a luta e a vontade de compartilhar lições e apredizados. É..talvez tenha aprendido alguma coisa com eles.

No livro, a maior parte dos pacientes tem um desejo imenso de contar a sua história, de mostrar para o mundo que o diagnóstico do câncer não é mais uma sentença de morte, mas um convite à vida e aos desafios que ela apresenta. É uma convocação à luta.

É assim que encaro tudo isso. Uns dias com mais otimismo, outros dias com um pouquinho de tristeza e até revolta, mas sempre mantenho a cabeça erguida e sigo em frente. Como dizia Cazuza, "o tempo não pára."

Então para quem tiver curiosidade e/ou souber de alguém que tem interesse em fazer parte deste projeto embrionário, aqui vão as informações que vou precisar para começar:

1) Uma breve apresentação: nome, idade, cidade natal, profissão, etc
2) Quando recebeu o diagnóstico?
a. O que sentiu?
b. Como reagiu?
c. Como deu a notícia à família, aos amigos, etc.
3) Teve algum sintoma antes de ser diagnosticado?
4) Sua história: diagnóstico, cirurgia, químio/radio, perda de cabelo, etc.
5) Você estava envolvido com alguém?
a. Se a resposta foi positiva, como a relação se desenvolveu/ou não?
b. Seu cônjuge/namorado este ao seu lado?
c. Quais foram suas maiores dificuldades?
d. Se você não tinha nenhum relacionamento no início da doença, isso mudou ao longo do tratamento?
e. Como você se sentiu ao enfrentar isso sozinho?
6) Família – você teve o apoio de familiares? De que forma?
7) Amigos – seus amigos foram compreensivos? Ofereceram ajuda, apoio, carinho?
8) Auto-estima - como você se sentiu? A doença e o tratamento foram afetaram sua auto-estima? Afetaram o modo de como você se relaciona com seu parceiro?
9) Se você é mulher, você sofre menopausa precoce? Como enfrentou isso?
a. Que sintomas teve?
b. O que sentiu?
c. Hormônios/emoções….
10) Filhos - se você tem, como eles reagiram? Como se sentiu em relação a eles? Se não tem, como isso afetou seus planos? Ficou estéril, teve que adiar maternidade/paternidade?
11) Médicos - como é sua relação com eles? Em algum momento esta relação de confiança foi abalada?
12) Tratamento - como enfrentou o tratamento? Foi melhor ou pior do que você esperava?
13) Recidiva - como enfrentou a doença pela segunda vez? O que foi diferente?
14) Medo da morte - o que passou pela sua cabeça nesta hora?
15) Lições aprendidas - o que ficou de bom depois desta experiência? Você mudou sua vida de alguma maneira?

Enfim, estas são só algumas perguntas... Para quem preferir, pode me mandar as respostas por email: dani.m.duran@gmail.com

5 comments:

Anonymous said...

OI Dani, é a Cássia...
tenho uma parente que há algum tempo luta contra um cancer hepatico... não sei se o tumor comecou no figado mesmo ou se é uma metastase...
Mas o quero mesmo te contar é que ela é o maximo! Muito alto astral e tem uma fé inabalavel! No hospital todas as enfermeiras e medicos a conhecem e a adoram! Talvez ela queira contribuir com seu livro... O perfil dela no orkut é http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=15025171278356401307

Beijos

Dani said...

Cássia,
Que legal! Nunca conheci outro sobrevivente de câncer hepático. É bom saber que não estou sozinha. Vou lá olhar o perfil dela.
Beijos e superobrigada!

Vinix said...

Oi Dani,

Recebi o link do seu blog atrvés de uma prima que mora ai nos Estados Unidos. Também já tive cáncer, mas nunca tive qualquer problema em relatar o que me aconteceu, porque foi algo que, acredite ou não, mudou minha vida pra melhor. Gostaria de iniciar contato com você. Ficaria muito honrado de participar desse projeto. Atenciosamente

Dani said...

Vinix,
Que bom que vc quer participar. Adoraria saber mais da sua historia. Concordo com vc, o cancer pode mudar nossa vida pra melhor! Meu email e dani.m.duran@gmail.com Por favor, me mande o seu.

Jaqueline said...

Oi, Dani,

Te encontrei na Casar é Fácil e agora no seu blog. Tenho um amigo, Renato, que ficou doente no ano passado e agora já está bem. Vou passar seu questionário para ele. Quem sabe ele topa fazer parte do seu projeto?
Bjos, Jackie