July 3, 2008

Matéria na Folha de São Paulo

Hoje saiu a matéria sobre jovens e câncer no caderno Equilíbrio da Folha de São Paulo, pelo menos da edição online.

Fiquei muito feliz de ver que esta causa aos poucos ganha o espaço merecido na mídia, pois é inadmissível que em pleno século XXI a taxa de mortalidade de câncer entre pacientes jovens se mantenha estável. Quando vemos uma queda, às vezes acentuada, em todas as outras faixas etárias, os jovens continuam morrendo da mesma forma e na mesma velocidade que morriam há 50 anos. Diagnóstico tardio, falta de cobertura médica, falta de atenção dos profissionais de saúde, falta de acesso, tudo isto contribui para esta estatística vergonhosa. Não é só no Brasil, infelizmente acontece no mundo inteiro. Ao que parece alguém decidiu que só se pode ter câncer a partir dos 40 anos e até lá, quem tiver o azar de cruzar com a doença vai estar entregue as baratas.

Não é todo mundo que teve a sorte que eu tive: plano de saúde, acesso aos melhores médicos e hospitais e um empregador generoso e compreensivo que me deixou em casa dois meses e meio com a única tarefa de "ficar bem". Nem precisa dizer que isto fez toda a diferença.

Quem tiver curiosidade de ver a matéria da folha, basta clicar aqui.

Parabéns ao jornal por dedicar espaço a uma questão tão importante quando "desconhecida" e à repórter Julliane que conseguiu abordar um tema tão delicado sem ser pieguas.

4 comments:

Fernanda - www.fernandafranca.com said...

Também acho que devemos dedicar mais espaço à causa. Um beijão, Dani! Da Fê.

Debora Rocha Muscutt. said...

A matéria está excelente, parabéns, Dani! Li e recomendei para alguns amigos.
Beijos!

Debora Rocha Muscutt. said...

A matéria está excelente, Dani, li e recomendo a alguns amigos meus.Um beijo e parabéns!

.Intense. said...

Há mto tempo vejo indicações dos seus posts no blog de uma amiga blogueira de longa data, a Bel...mas nunca tinha vindo aqui. O post debaixo chamou minha atenção no Reader dela e, então vim ler, sobre vc, sua história, sua vida...peguei carona e li a reportagem tb. Parabéns ao jornal e a vc, pela iniciativa, tanto da reportagem, quanto do blog.

Confesso, não tenho idéia de como será passar por tudo isso...mas isso foi um tapa na cara merecido e na hora certa, pra mim. Meu blog nasceu de uma dor, de uma necessidade de gritar, que não tinha como ser satisfeita nem contida...aprendi a escrever pra me libertar. Mas uma dor bem diferente. E saber da sua, me faz olhar pra mim...ver que não é na minha vida que eu estou focada. E que se fosse, eu continuaria a achar minha vida 100% como sempre achei...mas tou no caminho.rs

Parabéns pelo blog, e saiba que ganhou mais uma leitora, mais uma fã, e mais uma mulher na torcida.

;)

Beijos intensos!