June 9, 2010

Feliz!

Estou realmente surpresa e feliz com tantas mensagens bacanas que chegaram aqui no blog, por email ou até no Facebook. É impressionante como a felicidade só aumenta quando é compartilhada!

Ficar de boca calada por 14 semanas foi um sufoco. Evitar falar num assunto que realmente estava me consumindo desde o início do ano foi mesmo um suplício. Não gosto de segredos, tenho pavor a quem esconde o jogo, mas lidar com as minhas expectativas e ao mesmo tempo com a de pessoas que se importam comigo e torcem por mim me pareceu algo muito difícil. Optei pelo silêncio forçado, quase um exílio para mim.

Quantas vezes quis escrever aqui no blog sobre minha angústia de não conseguir engravidar, sobre meus medos, minha insegurança quanto ao tratamento, pois saberia que aqui encontraria alento, como sempre encontrei. Queria contar sobre cada etapa do tratamento, sobre as nossas expectativas, as mudanças nas nossas vidas, mas optei por ficar calada. Acho que mais por superstição do que por medo. Ainda não aprendi a colocar em prática o conceito de desejar em voz alta ao universo – que para mim se chama Deus – para que a vontade dEle se manifeste. Rezo calada. Encontro dificuldade em dar voz a minha vontade e a minha dor. Mas mesmo assim fui premiada e hoje tenho mais um sonho realizado que se torna mais real a cada dia.

Pensei até em encerrar o blog durante este tempo, afinal não sou mais a menina doente de 2007 e o blog foi minha tábua de salvação durante a grande tormenta, que graças a Deus ficou para trás. Outra parte de mim diz que eu devo contar uma outra história, não menos importante, que também faz parte da minha vida. Afinal, assim como tudo que diz respeito a mim, esta gravidez também teve uma pontinha de luta. Não foi coisa de comercial de margarina, ou de novela... Não acordei um dia enjoada e tive certeza que estava grávida. Aliás acordei várias vezes ansiosa, só para me decepcionar minutos depois com mais um teste negativo.

Talvez fale sobre isto por aqui, mais um tabu que não tem razão de ser. Se soubesse que o tratamento seria tão fácil, teria feito há muito mais tempo. Mas como meu próprio médico diz, eu não sou parâmetro para estas coisas.... Ultras, exames de sangue e consultas médicas há muito tempo fazem parte da minha rotina.

Ainda não cheguei a uma conclusão. Se continuar a escrever, obviamente o teor dos posts deve mudar bastante...assim como eu tenho mudado, por dentro e por fora.

7 comments:

Anonymous said...

Dani, nao sei porque o meu comentario nao entrou. Com certeza fiz algo errado, como sempre essa minha cabeca de mamao..rs
Mas, queria dizer que a noticia eh mjesmo linda! Parabens para vc e para o seu hubby. Que esse nenem venha a trazer muitas felicidades para esse casal jah tao cheio de boas vibracoes.
Um beijo no coracao
Tata

Liège said...

Dani, parabéns pela linda novidade!
Mais uma vez, você conquistará algo lindo e especial com força e garra.
Felicidades e muita saúde para vocês três!
Beijos.

Luciana Misura said...

Dani, eu tambem nao falei nada no blog quando fiquei gravida, tambem nunca entendi muito bem por que. Sei la, ainda acho uma coisa muito pessoal, ate porque o processo nao e so meu, e do casal. Entao nunca falava nada, so fui abrir o jogo e contar a historia toda com as decepcoes de anos depois que anunciei a gravidez da Julia tambem ja quando estava com 4 meses...enfim, nao para o blog nao, continue escrevendo, voce muda e o blog muda com voce, faz parte da vida nao e mesmo? Eu acho otimo voltar nos arquivos de anos de vez em quando e ver como mudei, cresci, e um dia se a Julia quiser vai ler essas minhas memorias tambem. Beijao e muita saude pra voces!

Malu said...

Dani querida,
Que delicia de noticia !!!!! Fiquei super feliz ! Desejo que Deus abençoe você e seu bebezinho, que ele venha cheio de saúde ... Filhos são HERANÇA do Senhor, e pode ter certeza que é o maior presente das nossas vidas.
Um beijo enormeeee na barriga !

Daniele said...

Oi Dani,
Primeiramente, parabens pela gravidez q Deus de muita luz, saude e alegria para todos vcs...
Segundo, conta sim... conta como foi o tratamento,a sua jornada ate receber essa Luz de poder gerar um bebe tenho certeza q ira ajuda MUITAS outras mulheres.E para finalizar, gosto do seu blog sempre q tenho um tempinho venho aqui da uma olhadinha :-).

Amanda said...

Dani
Grávida pode tudo! Aproveita, são só nove meses. Se der vontade escreva, se não der não escreva. Mas se a opção for não escrever, de vez em quando, posta uma foto. Curta demais este momento com felicidade, tranquilidade e celebração. Beijos

Anonymous said...

oi, sou alira , lembra?
gosto de ler mas nem sempre deixo comments e sinceramente parar no seu blog, foi intuitivo, interessante é que nos posts que li, não transparecia sua angustia, sinto que voce deve ser muito forte, admiro-a.
Eu tenho duas filhas, presentes divinos, embora eu seja solteira, quando de minha segunda, eu não queria, mas ao fazer o ultra numa consulta de preventivo e ve-la, foi emocionante demais, hoje ela tem 7 anos.
Só posso lhe desejar tudo de bom, hoje eu estava começando a ficar deprimida, então comecei a visitar os blogs favoritos, e cheguei aqui e ficar feliz por voce, me fez bem.
Então, não deixe de escrever, haverá sempre alguém a precisar de boas leituras.
Parabéns, namastê. alira