January 5, 2011

Noites em Claro


Primeiro post do ano...ainda me perguntando para onde se foram os dias. Devem ter desaparecido sorrateiramente junto com minhas noites de sono. Confesso que quando todos me diziam que os primeiros meses eram punk, que ninguém dormia, que viravam todos zumbis, eu achava que havia uma certa dose de exagero. Sono nunca foi tão primordial assim para mim; sempre dormi menos que a maioria das pessoas, então achava que esta fase não seria tão ruim assim...

O povo aumenta muito as coisas, sempre disse para mim mesma. Foi assim com o tratamento de FIV, com os procedimentos cirúrgicos que fiz e até com o parto normal. Fácil não foi, mas também não foi nada tão terrível assim. Eu sou forte, sempre foi meu lema...mas nada que um mês sem dormir uma noite inteira não me faça rever. Confesso: caí de joelhos, juntamente com o Blake, meu pai e minha mãe. Quatro adultos saudáveis arrasados por uma coisinha fofa de menos de um mês de idade e 5 kg.

Acho que ainda estou em recuperação. Tudo bem que foi parto normal, mas 16 horas em trabalho de parto e um bebê de 54 cm e 3,625 kg fazem um certo "estrago", ou como diz a minha médica causam um certo "trauma." Junte a isso o fato de serzinho ser esganadérrimo -- mama a cada duas horas uns 130 ml...dia e noite. E além disto, durante a noite ainda tem uns surtos de choro cujo motivo ainda não consegui identificar. Mãe de primeira viagem...eu sei! Estou um caco.

Mas ao mesmo tempo não poderia estar mais feliz, já que meu maior desejo se concretizou tão rapidamente. Se este ano não vi nada de reveillon, ano passado, pulando as sete ondinhas na Praia de Copacabana, meu desejo de tão forte era um só: um filho! E Deus me escutou...mandando esta coisinha linda para nós.

Aliás, Deus tem me escutado muito ultimamente. Lembro que em março do ano passado, ao sair da entrevista para meu emprego, já fazendo o tratamento para engravidar, conversando com Ele disse que não achava justo fazer dois pedidos tão grandes: um emprego bacana com gente normal e um exame de gravidez positivo. Mas pidona que sou, pedi mesmo assim. Ainda barganhei com Deus, disse que se fosse para me conceder só um, então obviamente preferia o filho. O emprego a gente resolvia depois. Mais dentro de poucas semanas a resposta divina veio certeira: oferta de emprego aceita e gravidez confirmada. E ainda dizem que milagres não acontecem...

Para um ano perfeito, ainda consegui a minha cidadania americana -- não é nada, não é nada, mas lidar com imigração, além de ser um porre é caríssimo! -- fiz amigos muito bacanas, conheci pessoas e lugares fascinantes e ainda desfrutei de uma gravidez totalmente normal e saudável...

É por isto que em minhas orações, só peço que 2011 seja tão bom quanto 2010. Ah, e já que Ele lá em cima me escuta muito, peço também que o Joaquim continue cheio de saúde e que durma mais...só mais um pouquinho e à noite, de preferência, pois de dia ele dorme bem (vide foto que acabei de tirar!)

Prometo que quando tiver mais tempo, conto do parto. Juro que foi coisa de novela...

7 comments:

Só uma menina said...

Estou morrendo de curiosidade com esse parto, meu Deus!!! 16 horas!!!
É, Dani, sempre falei que nunca acreditei que fosse do jeito que as pessoas falavam e, volto a dizer, a gente sempre acha que com a gente vai ser diferente. Aí, os babies chegam e pluft: sua vida não é mais sua!!! kkkkkkkkkkkk Mas a gente teima em ser muito feliz, né? Saudades!!

Eulalia said...

Somente depois dos filhos é que nós percebemos o quando uma noite de sono faz falta.
E olhe, lhe digo mais, depois deles, nunca mais temos uma noite tranquila, pq mesmo depois de dormindo a noite toda, eu ainda levanto pra vê-los, se não tem perigo de cair da cama, se estão descobertos, e coisas do tipo...mas isso tudo vc verá.
Agora, com certeza nada se compara a maravilha de cada noite que mesmo mal dormida, vemos o quanto Deus é maravilhoso em nos dar um serzinho tão lindo pra ser nossa missão aqui.
Seja feliz, mais feliz ainda, Dani. Vcs merecem!
Beijinhos, Eulalia.
http://www.papodemeninas.com/

Lola said...

Ai Dani, força aí, que passa... vai por mim!

O meu filhote era a mesma coisa. Mamava de 2 em 2 horas, levava uma meia hora pra arrotar, enfim... Eu via todas as séries da madruga, só entre as mamadas e esperando o arroto.Ele tinha muita cólica, por causa de gases, à noite. O pediatra disse pra usar meio supositório infantil de glicerina depois da mamada de 23h. O bichinho soltava os gases todos e dormia mais confortável.

O Joaquim está cada dia mais lindinho!

bjs, Loraine

Danielle said...

Dani, parabéns e forca! Esta fase passa! Mas nos conte logo sobre o parto. Estou para ter meu filhote a qq hora e preciso de dicas!!!!!!! :)))))

Cristina said...

Acabei de mostrar seu post e as fotos do Joaquim para minha amiga que rezou por vc com sua foto debaixo da Nsa Senhora. Ela voltou da licença essa semana e teve um Rafael super saudável como o Joaquim. Ficou feliz por vc! Essa semana tô fazendo treinamento para abstinência de sono - a mudança de trabalho e 2 sábados de aula...bjs

* Jane by Jane... said...

QUerida !
O que o pediatra diz desse choro do Joaquim e de suas mal dormidas noites ?! O que pode ser feito, caraca, ele tem experiencia, pelo menos teoria..rs
O que que esse bolo foto quer da vida hein Joaquim ?! huahauhauaa
Ele está lindo, fofo, gordo, saudável - que menino lindo !
Desejo SONO prá vocês nos horários certos. rs
Muitos beijos

mag said...

Dani,
Nunca deixei comentario, mas sempre passo por aqui p/ver como estao.
Meu filho - hj com 15 anos - tb teve problemas serios p/ dormir, mas essa e uma longa historia...
Bem, queria deixar os parabens pela chegada do seu pequeno, muitas felicidades p/ a familia!!
bjos