January 24, 2011

Aprendendo


Dizem que depois do nascimento de um filho a gente muda muito. Dizem também que a chegada dele nos ensina muito sobre nós mesmos, mas acho que vai muito além disto. A chegada de um filho faz com que aprendamos muito mais sobre os nossos próprios pais. Faz com que a gente os veja sob uma ótica inteiramente diferente.

Joaquim, eu e Blake tivemos muita sorte de poder ter meus pais aqui durante dois meses e durantes as seis primeiras semanas de vida do nosso pequenino. Honestamente, não sei o que teria sido de nós sem eles. Eu nunca tive experiência -- nem muito interesse -- em cuidar de bebês, então ajuda era mais que bem-vinda. Só que por algum motivo, apesar de terem criado três filhos, secretamente eu duvidava do talento dos meus pais, afinal o último "bebê" que eles cuidaram tem quase 30 anos!

Mas que surpresa eles me preparam! Foram nota 1000 e se tornaram indispensáveis. Resultado: quando voltaram para o Brasil semana passada, eu chorei como criancinha deixada sozinha pela primeira vez... E fiquei bem mal durante uns bons dias. Logo eu, que sempre me achei auto-suficiente, de repente me vi mais que vulnerável e precisando do colinho da mamãe e do papai. Me senti perdida e desamparada, aos 37 anos!

Então percebi que no final das contas clichés existem porque sempre têm um fundo de verdade. Realmente a gente aprende muito com os filhos. E a primeira lição que eles nos dão é sobre os nossos próprios pais.

4 comments:

Eulalia said...

Dani, vc realmente escrevue tudo que eu sempre pensava e nunca conseguia colocar no papel, é isso mesmo!!!
Amei seu post!
Bjs pra vc e pro Joaquim!
http://www.papodemeninas.com/

Dani said...

Eulalia,
Que legal que voce gostou do post...
Bjs

Só uma menina said...

Super verdade, Dani.

Anonymous said...

...e ainda por cima são gatérrimos!!!
Beijos
Gaby (gabgaby)