May 5, 2010

Imigracao

Ainda estou passada com esta ultima tentativa frustrada -- gracas a Deus -- de atentado a bomba em Times Square. Como tem gente louca por ai.

O que mais me incomoda e que o filho da mae do terrorista de araque tinha virado 'cidadao americano' ha pouco mais de um ano. Pelo que li na imprensa, um sujeito mediocre, que levou 10 anos para se formar, passando por tres faculdades americanas em diferentes estados, que falava um ingles ruim e nao tinha emprego fixo nao teve problemas nao so para conseguir um green card, mas para possuir a cidadania americana em menos de 10 anos! So Deus sabe como... Mas algo me diz que tem a ver com as mesmas razoes que levaram um medico sem brilho e oficial ruim ao posto de major do exercito americano. Este ultimo e o tal Nidal Hasan, o fanatico que matou 13 pessoas na base de Fort Hood, no Texas.

E nestas horas que eu penso que ha alguma coisa muito errada no sistema de imigracao aqui... Como e que um terrorista com ligacoes estreitas e viagens frequentes ao Paquistao consegue cidadania americana tao rapido assim e um amigo meu britanico, educada nas melhores universidades do Reino Unido e dos EUA, com uma carreira solida e empregos otimos, teve que esperar quase 15 anos por um mero green card?!

Vai saber...

5 comments:

Mi said...

Peraí peraí - eu tbém fiquei INDIGNADA com esse caso. Mediocridade é o q mais tem nos EUA, cheio de gente fazendo um trabalho mais ou menos e ganhando tri bem. E no caso dele, consegiu o greencard via casamento, a via mais fácil. Ele tinha um emprego bem bom, casa, família, tudo very much american dream, e depois sabe lá o q q rolou... o q me incomoda MUITO é q novamente entrou no país via F1, q nem os outros do 9/11... isso detona o filme do F1 pô!!! Mas o q MAIS me enche o saco é q a gente tem q passar por um milhão de checkpoints no aeroporto, aquela encheção e esse FDP apesar de constar na NO fly list consegue até embarcar! fala sério!!!!!! pegaram o cara por um triz...

Dani said...

Mi,
Parece que o maluco se radicalizou nos ultimos meses, depois de perder a casa e vivenciar ataques no Paquistao, quando estava la. A esposa, que parece que cresceu aqui, dizia aos vizinhos que nao falava ingles... Coisa de louco! A questao e como prever quando estes malucos vao surtar...

Liège said...

Lamentável e injusto! E eu tampouco consigo entender.
Adorei sua coluna da última edição da revista! ;)
Beijos.

Dani said...

Liege,
Que bom te ver por aqui! legal que voce gostou da coluna! Eu ainda nao vi a revista e estou esperando meus pais trazerem semana que vem. Estou louca para ver!
Bjs

Cristina said...

E isso me lembra que até agora a Carla não me mostrou! E ela foi no lançamento!