December 23, 2010

Onde foi Parar o Tempo?


Tenho lido os comentários e morrido de saudade de passar por aqui para agradecer um por um, mas com um bebê que completa duas semanas hoje é praticamente impossível dar conta do blog.

Sinto falta da interação e mais do que tudo, do lugarzinho onde despejo minhas frustrações, ansiedades e questionamentos. Agora, o Blake, minha mãe e meu pai acabam pagando o pato. Uma mulher que acaba de dar a luz e é mãe de primeira viagem deve ser dose para elefante... Mas sinceramente, não sei o que faria sem eles. Passei a ter um respeito enorme por todas as mães e mais ainda ainda pelas mãe solteiras, pois não faço ideia como fazem para satisfazer todas as necessidades de um serzinho tão indefeso.

O Joaquim é um bebê ótimo, minha mãe sempre diz isso. Só chora para comer. O único problema é que ele vive comendo!!! Na segunda noite em casa, ele chorou das 10 pm às 8 am, e eu, Blake e a coitada da minha irmã, que esteve aqui por três dias, nos revezamos noite a dentro. O Blake não queria dar mamadeira de jeito nenhum e a minha irmã dizia que o bebê estava morto de fome. Já de manhã, como coração apertado, demos um pouquinho de mamadeira para ele, que parou por uns minutos e depois continuou desesperado.

Sorte nossa termos a consulta com o pediatra às nove do dia seguinte. Veredito: o bebê estava realmente morto de fome. Conselho do médico: dê uma mamadeira para que ele saia deste ciclo. Ele precisa comer e ganhar peso, e chorando tanto vai precisar repor as energias ainda mais.

Dito e feito. Demos a mamadeira e nas mamadas seguintes, continuamos a suplementar. Resultado: em 10 dias o Joaquim recuperou o peso de nascimento e engordou mais de 400g. Como dizem aqui, "overachiever," pois o objetivo é chegar ao peso que nasceu dentro de duas semanas! Mas o médico fizou satisfeito e disse que não há razão para nos preocuparmos, pois na idade dele não há bebê gordo demais (a não ser os casos raríssimos de desfunções.)

Claro que fiquei um pouco chateada de ter que entrar com mamadeira assim tão cedo. Pensei que minha produção de leite pudesse ser insuficiente. Entrei em contato com uma especialista em amamentação, agendei consulta, aluguei a tal bomba. Para surpresa de todos e alegria geral da nação, minha produção de leite é excelente, só que o apetite do Joaquim é absurdo. Até a especialista em amamentação, que é quase sempre contra mamadeira, me deu passe livre. "Minha filha, não há nada de errado com você. Já deu pra ver que você tem leite suficiente, mas seu bebê requer mais. No seu lugar, qualquer mulher teria que suplementar, então não há motivo para se culpar. Ele é um bebê grande e tudo leva a crer que só vai crescer mais," ela me disse, categoricamente. Fiquei mais tranquila só em saber que estamos fazendo tudo certo.

Aprendi com a vida que podemos fazer muitos planos, mas que a realidade é quase sempre diferente e exige que a gente se adapte. Com o pessoal diz por aqui "a gente planeja e Deus ri," então o negócio é não ficar decepcionado, mas seguir em frente. O importante é que o Joaquim continua saudável e é amamentado principalmente de leite materno. Agora com a bomba, nosso plano é dar o suplemento com o leite que retiramos com ela durante o dia. Vamos ver se funciona...

Estamos todos em período de aprendizado total...inclusive meus pais que não pegavam no pesado assim fazia uns 30 anos.

13 comments:

Amanda said...

Dani, como Joaquim é lindo, sereno, fofinho ... Parabéns (de novo e de novo). Fico feliz quando as pessoas que gosto estão felizes. Bjos,
Amanda

Eulalia said...

Dani, vou te contar, com a minha primeira filha ainda consegui amamentar 5 meses, mas o meu segundo, foram somente 15 dias, acredita??Ele acabou com o bico do meu seio, literalmente...um dia te conto!
E veja só, ele hoje tá super saudável com 4 anos, então, acho importantíssimo amamentar, mas tem que ser prazeroso pra os dois, e no meu caso não tava sendo.

Beijinhos, Feliz Natal!!
Eulalia
http://www.papodemeninas.com/

Fazendo Meu Casamento said...

Que coisa mais linda e abençoada!
Não se assuste,meninos especialmente são muuuito gulosos.Conheço pouquissimas mães que deram conta do apetite dos garotos só com o leite materno.
Bjs e fiquem com Deus

Cristina said...

Menino, apetite monstro. Esse vai dar trabalho rsrs Nasceu no dia do aniversário da minha saudosa avó - minha mãe notou isso na hora que viu a data no cartão. Ela era um ser humano querido por todos e teve uma vida longa, um casamento longo, filhos, netos, bisneto...Joaquim ainda terá muito sucesso! Lindinho! Que esse 1o natal dele seja especial! Amanhã a Paloma vem aqui para casa e eu vou colocar gorrinho de Papai Noel para ela rir ;-)

dani said...

Ele é muuuito lindo.
Parabéns!!!
Abs
danielle

Danielle said...

Todos os bebes sao "lindos" mas o Joaquim eh LINDO mesmo, de verdade, que olhar lindo... Parabens!

* Jane by Jane... said...

Lindaaaa nem ia entrar no blog qdo vi notícias suas corri ler.
Ai que delícia saber das novidades e ainda mais né : você super ocupada ainda nos dando atenção e 'desabafando' que gostoso !!!
Tá tudo certo, vamos deixar Deus rindo né !?
hahahaha
Muitos beijos e carinho sempre,

Lola said...

Oi Dani, em primeiro lugar, parabéns pelo filhote fofíssimo, ele está lindo! Em segundo: passei EXATAMENTE pela mesma situação que você está passando na minha primeira gravidez. Eu lutava contra a mamadeira, mas a Luiza não parava de chorar. Era uma angústia sem fim. Eu me sentia mal pq ela estava chorando e me sentia mal, me sentindo uma péssima mãe pq a mamadeira seria introduzida. Um dia, eu estava exausta (tanto fisica quanto psicologicamente), deixei a bebê com a minha mãe e fui ao pediatra conversar com ele. Ele liberou a mamadeira desde que eu prometesse não deixar de amamentá-la. Obviamente isso nunca passou pela minha cabeça, mas de ouví-lo falando isso, que eu poderia complementar foi um alívio sem tamanho. Resultado: passei a complementar com um tiquinho de leite artificial depois das mamadas, ela ficou satisfeita, eu fiquei tranquila e tudo correu mais do que perfeitamente. Depois de uns 3 meses, ela já não queria mais o leite artificial e só bebia o meu leite, que eu tirava com bombinha pra mandar para o daycare e tomava suquinho. Hoje, está aqui, lindíssima, sem alergias, sem vícios alimentícios, nada! A pediatra aqui dos States vive dizendo que ela é uma das crianças mais saudáveis que ela conhece. Em três anos, teve 1 infecção de garganta e só.

As duas primeiras semanas são barra pesada, mas passam! Já passaram!

um grande beijo, Loraine

andrea terra said...

Olá,
já comentei aqui algumas vezes... E hoje vi esse lindo post - com uma foto mais linda ainda...
Sofri demais para amamentar meus dois filhos (primeiro porque eles nasciam enormes e mamavam muito, e meu leite sempre descia no terceiro dia - entao eles morriam de fome e eu morria porque tinha que dar complementos... Segundo porque depois eu comecava a produzir leite demais - chegava até a ter febre e tinha que tirar leite o dia inteiro. Por último e pior... Sou muito branca e meus seios chegavam a sangrar até ficarem acostumados... Forca, amamentacao e bebes nunca sao fáceis... Mesmo na segunda vez...(Eu também tive um tumor de fígado - que eu já te contei uma outra vez...Meu segundo filho foi uma bencao de Deus!!)
Aliás, filhos sempre sao uma bencao!!
Parabéns!
Beijos, Andrea

Flavia said...

Oi Dani,

Eu leio o seu blog com uam certa frequencia mas nunca comentei. Mas dessa vez nao resisti pois passei pela mesma situacao. Hoje tenho duas filhas e com as duas nao tinha leite suficiente. Apesar de alguns especialista em amamentacao dizerem que isso nao existe, ja ouvi de varios medicos que existe sim. Minha meninas era comilonas e eu sozinha nao dava conta, entao comecei a suplementar desde cedinho como o Joaquim, para poder ganahr o peso perdido no parto. E apesar de ouvir todas a estorias de horror que o bebe nao vai mais querer sabr do peito da mae depois de conhecer mamadeira e tal, minhas filhas nao tiveram problemas com isso e elas tracavam o que aparecia pela frente, peito ou mamadeira. E como eh impossivel a gente nao fazer planos, tinah planos de amamentar a primeira filha exclusivamente ou diretamente no peito ou tirando leite. So que a coisa nao funcionou assim e eu so consegui amamenta-la por 4 meses. Ja a segunda, fiz extamente as mesmas coisas mas tinha as expectativas bem mais baixas por conta a frutracao que passei com a primeira e nao eh que td foi bem diferente e a amamentei por um ano. So parei porque realmente estava mutio cansativo (eu trabalho full time) e a medica disse que eu ja tinha feito um otimo job e poderia parar qdo quisesse. Moral da estoria, "go with the flow" e as coisas simplesmente acontecerao da melhor forma possivel. Nao existe uma formula que funciona para todos e nem sempre o ideal eh o melhor caminho.
Parabens belo filhote lindo e tudo de bom para voces todos!

A e W said...

Dani, parabens pelo fofo, ele eh lindao!!! Acompanho sempre seu corre corre pelo facebook... ;o)) Ser mjae eh padecer no paraiso mas tbem nao ter tempo pra nada...rsrs Bjao para vcs!!!

Aline & Bella

Roy Frenkiel said...

Tu merece demais!!!

bjx

RF

PS: Que coisa mais linda!!!!

Dani said...

Queridos,
Li todas as mensagens de voces e estou realmente tocada com as palavras de cada um.
Beijos a todos!