July 26, 2010

Trânsito

Já são quase sete da noite e ainda estou me recuperando do trauma de ter levado três horas para fazer um trajeto que em condições normais de tempo e humidade faço em 22 minutos. Tudo bem que durante a semana varia entre 30 e 45, mas passar TRÊS HORAS no carro já é ridúculo!

Sendo assim, tentei usar o tempo da melhora forma possível. Liguei para minha mãe, resolvi pendências com o plano de saúde e até comprei os móveis para o quartinho do Joaquim, ou melhor, auxiliei o Blake que comprou tudo online. O mais surpreendente entretanto foi que fiquei relativamente calma e resisti à vontade de pegar o primeiro retorno o voltar voando para casa, já que o trânsito estava mais do que livre na pista de volta. Resolvi bancar o perrengue e aguentar firme.

Lógico que deu sede, fome, vontade de ir ao banheiro e, acima de tudo, vontade de sair gritando, mas acho que o Joaquim deveser uma criança muito calma, pois alguém lá de cima manteve minha paciência intacta. Ajuda também ter um chefe bacana que só diz "tudo bem, venha com cuidado, na hora que chegar aqui está bem..."

E assim foi...três horas depois cheguei, subi e já comecei meu dia, que apesar de atrasado até que foi produtivo.

Agora é esperar que São Cristóvão, padroeiro dos motoristas, me d6e uma ajudinha na hora de voltar pra casa...

E viva Maryland!

2 comments:

jorge henriques said...

Olá Danielle
Mais uma vez chego atrazado ao post,hehe
A foto está muito boa, quanto ao fecho eclair em forma de estrela da mercedes possivelmente deixará de ser a unica. há uns dias atraz soube que tenho de fatiar a isca mais uma vez.
Quanto ás demoras em filas de transito o melhor é realmente manter a calma ,ouvir uma musica boa e ter paciencia , ficar irritado não faz avançar o transito,hehe.
abraço

Dani said...

Puxa, Jorge,
Que chato entrar na faca de novo. Mas se servede consolo, a minha segunda cirurgia foi bem facil. Espero que corra tudo bem pra voce.
Abracos!